Solicitação de passagens e diárias - SCDP

Atenção
No caso de professores da UFES para solicitação de passagens e diárias será necessário informar como serão ministradas as aulas durante a ausência do professor. No caso de Técnicos Administrativos, os servidores deverão solicitar passagens e diárias diretamente a DDP/PROGEP por meio de processo a ser encaminhado via malote.
O solicitante deverá ser o responsável por entregar a prestação de contas da viagem. Obs. O solicitante poderá ser o próprio passageiro.
Cidade de origem do passageiro
Cidade de destino do passageiro
:
:
Dados bancários obrigatórios no caso de solicitação de diárias
As passagens serão compradas pela Reitoria da UFES de acordo com o início e o final do evento, o preço mais barato, e o voo de menor duração.
ex: folder, edital, extrato de ata, etc.
Arquivos devem ter menos que 2 MB.
Tipos de arquivos permitidos: gif jpg jpeg png bmp eps tif pict psd pdf.
Arquivos devem ter menos que 2 MB.
Tipos de arquivos permitidos: gif jpg jpeg png.
Arquivos devem ter menos que 2 MB.
Tipos de arquivos permitidos: gif jpg jpeg png bmp eps tif pict psd pdf.
Arquivos devem ter menos que 2 MB.
Tipos de arquivos permitidos: gif jpg jpeg png bmp eps tif pict psd pdf.
Prestação de contas
Prezados Usuários, A Constituição Federal de 1988 preconiza em seu parágrafo único do artigo 70: Prestará contas qualquer pessoa física ou jurídica, pública ou privada, que utilize, arrecade, guarde, gerencie ou administre dinheiros, bens e valores públicos ou pelos quais a União responda, ou que, em nome desta, assuma obrigações de natureza pecuniária. A Lei 8429 de 1992, que dispõe sobre as sanções aplicáveis aos agentes públicos no exercício de mandato, cargo, emprego ou função na administração pública direta, indireta ou fundacional, em seu inciso VI do artigo 11, corrobora com esse entendimento ao instituir que constitui ato de improbidade administrativa quem deixa de prestar contas quando esteja obrigado a fazê-lo. Nesse sentido, a Instrução Normativa nº 3 de 2015 em seu artigo 19 determina que a prestação de contas dos afastamentos a serviço sejam realizadas por meio do SCDP, no prazo máximo de 5 dias do retorno da viagem. Dessa forma, lembramos a todos os servidores envolvidos no afastamento a serviço o que o artigo 11 do Decreto 5992 de 2006, determina: Responderão solidariamente pelos atos praticados em desacordo com o disposto neste Decreto a autoridade proponente, a autoridade concedente, o ordenador de despesas e o servidor que houver recebido as diárias. Tendo em vista o dever funcional como servidores públicos, para evitarmos ônus de qualquer espécie, seja pelo impedimento de realizar outra viagem, seja pela responsabilização pelo não cumprimento do dever legal, ou ainda, pelo ônus financeiro à Administração Pública, solicitamos que sejam tomados os procedimentos administrativos para que as prestações de contas dos afastamentos a serviço sejam realizadas no tempo determinado em lei.
O solicitante do pedido no site do Centro Tecnológico será o responsável por informar ao passageiro que a prestação de contas deverá ser realizada dentro do prazo de 5 dias após o retorno da viagem.
Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910